top of page

Programa FemLeader – Módulo 2 – Encontro 1



Hoje começamos oficialmente o Módulo 2 do nosso FemLeader, que é especialmente dedicado a “Conhecer-se e desvendar mitos”.


E qual é um dos principais mitos existentes?


Que “os homens são de Marte e as mulheres são de Vênus”.


Antes é importante lembrarmos que: A única regra da natureza é a singularidade do organismo!


Angela explica que os resultados das pesquisas que serão apresentadas ao longo desse Módulo 2 mostram apenas padrões! Isso porque a variação entre os sexos (masculino e feminino) é menor do que a variação entre dois indivíduos de um mesmo sexo.


Mas qual é a diferença entre sexo, gênero e orientação sexual?


Sexo (corpo - genitália):

É relacionado às características biológicas da pessoa ao nascer (cromossomos, hormônios, genitálias, etc).

(i) Feminino (que nasce XX),

(ii) Masculino (que nasce XY) ou

(iii) Intersexo (que nasce XXY – não se usa mais o termo hermafrodita)

Atenção: Pessoas XX podem ser mulheres cisgénero ou homens transgéneros (pessoas que nascem mulheres XX, mas se identificam como homens).


Gênero (mente):

É a nossa identificação. Como a pessoa se vê (identidade), se expressa (expressão) e deseja ser reconhecida por.

(i) Mulher (cis / trans) ou

(ii) homens (cis / trans)


Ou seja: Como eu sou uma pessoa XX que se identifica com o gênero feminino, eu posso dizer que sou uma Mulher Cisgênero. Mas se eu, uma pessoa XX, me identificasse com o gênero masculino, eu seria um Homem Transgênero.


Angela traz um vídeo interessante da Indonésia onde há 5 gêneros diferentes, que devem viver e coexistir para que haja harmonia nos mundos físico e espiritual.


Orientação sexual (sexualidade - coração):

É com quem eu quero me relacionar porque eu tenho afeto.

(i) Heterossexual (gosto do sexo oposto),

(ii) homossexual (gosto de pessoas do mesmo sexo),

(iii) bissexual (gosto de pessoas dos dois sexos),

(iv) assexual (que não gosta de nenhum),

(v) etc.


Hoje temos cerca de 18 milhões de brasileiros LGBTQIA+ declarados.


Após desta explicação inicial nós tivemos a participação de uma convidada especial que veio dividir conosco a sua inspiradora estória.


Depois deste lindo momento de troca entre todas nós, Angela traz alguns exemplos de comportamento natural (de “natureza” e não de “normal”) de grandes símios, trazidos de um livro de Frans de Waal, chamado Different:


(i) identidade de gênero: brincadeiras na tenra idade mostram um certo “padrão” tanto em indivíduos XX (uma necessidade maior de ficar em conjunto) quanto em XY (brincadeiras mais físicas e “brutas”), E

(ii) existem indivíduos que não se encaixam nesse “padrão” (ou seja, XX que se comporta como XY e vice-versa), mas que, ainda assim, são totalmente aceitos pelos demais, independentemente deste comportamento “fora do padrão”.

Os grandes símios só excluem um tipo de indivíduo: o Encrenqueiro, que afeta a harmonia do grupo criando conflitos e destruindo a sua coesão.

(iii) No que se refere à raça, Angela traz o exemplo dos macacos aranha (que podem ser brancos ou pretos) que não se categorizam nem se excluem por terem cores diferentes. Mas, foi percebido que existe um viés ingroup e external group (ou seja, privilegiam e preferem aqueles que são do seu próprio grupo) em todos eles (exceto com o Bonobos, que são de estrutura matriarcal e sempre acolhem os de outros grupos, são mais acolhedores e abertos ao diferente)

Ou seja, temos mesmo muito o que aprender com os nossos “primos-irmãos” quando o assunto é diversidade e inclusão!


Para fechar o nosso encontro, a Angela nos traz um vídeo emocionante cuja mensagem principal é o amor não tem rótulos (gênero, raça, idade, deficiência, etc)! Não deixe de assistir e se emocionar também!


E assim chegamos ao fim do primeiro encontro do Módulo 2, com muito aprendizado e trocas riquíssimas de experiências entre todas nós! Até o próximo encontro 😊



Comments


bottom of page